Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

A Outra Casa | Resenha

A Outra Casa é uma obra escrita por Sophie Hannah e lançada pela Rocco no ano de 2016. Envolvente e misteriosa, a história nos questiona a todo o momento e nos confunde a cada página, para que no final pudéssemos perceber que estava tudo na nossa cara. Bem escrito, narrado e trabalhado, Sophie nos prende do início ao final.

Connie é uma mulher casada que vê sua vida virar de cabeça para baixo quando em uma busca pela internet em um passeio virtual de uma casa que está à venda, ela encontra uma foto da sala com um corpo de uma mulher toda ensanguentada. Porém ha dois pontos importantes nessa história, primeiro é que apenas ela viu esse cadáver no passeio virtual e segundo, porque o endereço dessa casa estava gravado como “casa” no GPS do marido Kit?

É difícil descrever algo que está faltando. Uma ausência só tem uma forma clara quando um dia foi uma presença, quando você sabe o que sumiu.

Bentley Grove, 11 é o fatídico endereço que fez Connie não confiar mais no marido, que a fez mudar toda a sua rotina e que lhe causou um trauma enorme. Não estando em seus melhores momentos, quem iria acreditar que ela visualizou um corpo em um passeio virtual?

Para a sorte de Connie, o detetive Simon Waterhouse lhe deu o voto da dúvida quando ela foi lhe procurar a primeira vez para falar sobre o GPS do carro do marido. Mas onde estava Simon agora que ela estava com problemas maiores? Ele estava em lua de mel onde a esposa não queria que ele tivesse contato com o “mundo lá fora”.

A partir disso, Simon designou Sam para o caso, porém Sam era um pouco cético demais porque todas as provas apontavam para que Connie fosse apenas uma mulher passando por alucinações. Mas conforme as investigações vão se aprofundando ele começa a perceber que ela pode não estar tão maluca assim, quando outra mulher alega ter visto o corpo também. 

Muitas reviravoltas e pistas são lançadas no meio da trama que te deixa com pontos de interrogação enormes na mente que aos poucos vai nos revelando sutilmente até que lá pra frente da historia tudo começa a fazer sentido. Tenho que tirar o chapéu para como Sophie trabalhou essa trama e como ela conseguiu envolver e captar a atenção sem perder o fio da narração. Então, para você que gosta de um bom e velho mistério esse livro é surpreendente e envolvente do início ao fim.

Diagramação
10
Enredo
10
Personagens
10
Voto do Leitor(a)0 Votes
0
10
Show CommentsClose Comments

Leave a comment