Animes para Adultos – Parte I

2
2025
views

Calma, não é hentai! São animes que não tem aquela pegada adolescente, os roteiros são muito bem trabalhados e enfim, eu amo todos eles!

1 – Monster

Esse com certeza tinha que ser o primeiro a ser citado aqui, esse anime é bom demais e não importa o quanto eu elogie, só assistindo para vocês entenderem mesmo!

A história começa com o Doutor Tenma, um neurocirurgião muito foda que está em seu horário de trabalho no hospital cujo a regra é operar sempre por ordem de chegada dos pacientes. Eis que o prefeito da cidade aparece para ser operado numa emergência e a ordem do diretor do hospital — e também seu sogro — é que o prefeito seja operado primeiro, mesmo que já tenha pacientes na frente — e que tinha que ser Tenma e mais nenhum outro cirurgião. Só que Tenma é muito ético e não acha justo passar o prefeito para frente apenas por status, por “ser mais importante” — já que todas as vidas tem o mesmo valor — então ele acaba optando ignorar a ordem do diretor e operar a criança que já estava na sala de operação. O problema é que mal sabia Tenma que essa criança era uma psicopata e acaba assombrando a vida dele por anos, onde se desenvolve uma história SENSACIONAL.

2 – Fate/Zero

Esse tem que ter culhões para assistir! Eu não tenho então obviamente só assisti até o terceiro episódio, é bem pesado visualmente. Só que até onde assisti o enredo parece ser bem promissor, detalhado, explicado, enfim.

Com a promessa de conceder qualquer desejo, o onipotente Santo Graal desencadeou três guerras no passado, cada uma tão cruel e feroz para deixar um vencedor. Apesar disso, a família Einzbern confia em que a Quarta Guerra do Santo Graal será diferente; ou seja, com um vaso do Santo Graal agora em suas mãos. Só por esse motivo, o “Magus Killer”, odiado demais, Kiritsugu Emiya é contratado pelos Einzberns, com o casamento de sua única filha Irisviel como contrato vinculativo. Kiritsugu agora está no centro de um jogo de sobrevivência, enfrentando outros seis participantes, cada um armado com um antigo familiar e alimentado por desejos e ideais únicos. Acompanhado de seu familiar Saber, o notório mercenário encontra em breve seu maior adversário em Kirei Kotomine, um sacerdote que busca a salvação do vazio dentro de si mesmo em busca de Kiritsugu.

Já aviso que o primeiro episódio tem 48 minutos! Então aguenta coração. Mas é perfeito pra quem gosta dos gêneros Ação, cenas sanguinárias e magia.

3 – Code Geass

Ah, meu anime queridinho! Esse tem duas temporadas e você TEM que assistir as duas. Já tem resenha sobre ele aqui nesse link.

4 – Ergo Proxy

Outro queridinho meu. Esse anime simplesmente é demais! Fica difícil falar das coisas que amo porque nunca sei por onde começar. É um anime de suspense e ficção científica, com a estética da personagem principal inspirada numa cantora de rock, da banda Evanescence, a Amy Lee.

Dentro da cidade fechada de Romdo encontra-se uma das últimas civilizações humanas na Terra. Milhares de anos atrás, uma catástrofe ecológica global condenou o planeta; Agora a vida fora dessas cúpulas é praticamente impossível. Para acelerar a recuperação da humanidade, “AutoReivs”, robôs semelhantes a humanoides, foram criados para ajudar as pessoas no seu dia-a-dia. No entanto, AutoReivs começaram a contrair uma doença enigmática chamada “vírus Cogito”, que lhes confere autoconsciência. Re-l Mayer, neta do prefeito de Romdo, é designada para investigar esse fenômeno junto com seu parceiro AutoReiv Iggy. Mas o que começa como uma investigação de rotina rapidamente se espalha em uma conspiração.

Esse anime é cheio de referências e curiosidades, só de falar eu fico toda eufórica. Algumas dessas referências sãos:

  • O nome de alguns personagens foram baseados em filósofos como: Husserl, Kristeva, Derrida, Félix Guattari e etc;
  • O primeiro episódio começa com uma citação da resposta de Michelangelo ao “Epígramo à Noite” de Giovan Batista Strozzi;
  • Dentro da câmara do regente Donov Mayer, as estátuas das duas figuras deitadas à direita são baseadas nas estátuas “Noite e Dia”, de Michelangelo, localizadas acima da cripta de Giuliano di Piero de Medici, na Capela dos Médici, em Florença. No anime, a figura feminina (noite) representa a voz de Lacan, e a masculina (dia) a voz de Husserl. As estátuas à esquerda são baseadas na obra “Crepúsculo e Amanhecer”, também de Michelangelo, colocadas acima da cripta de Giuliano di Lorenzo de Medici, também na Capela dos Médici. No anime, a figura feminina (Amanhecer) representa a voz de Derrida, e a masculina (Crepúsculo) a voz de Berkeley. Os nomes das estátuas, por sua vez, pertencem a dois grandes teóricos da psicologia e da filosofia, respectivamente: Lacan e Husserl;
  • Os robôs (AutoReivs) do anime possuem um aplicativo de nome Turing, que pode ser ligado e desligado, permitindo a conversa normal entre humanos e andróides. O nome foi dado em homenagem à Alan Mathison Turing, um dos grandes teóricos da computação e da inteligência artificial, que criou o Teste de Turing, um teste de inteligência artificial.
  • A palavra ‘cogito’ é um verbo latino, conjugado na 1ª pessoa do presente do indicativo, que significa ‘penso’. Conhecida pelo ditado “Cogito, ergo sum: Penso, logo existo”. Provavelmente, a palavra ‘Ergo’ surgiu desse mesmo ditado.

5 – Jigoku Shoujo

Esse anime não é tããão adulto, cada episódio é um caso diferente e tem casos mais adolescentes. Mas assim, a forma como esses casos acabam sendo resolvidos é a graça da parada toda. O autor conseguiu dramatizar bem as situações e criar um conflito não só nos personagens, mas também em você que irá assistir, sim! Você vai ficar se questionando o que faria e vai botar sua ética em questionamento.

A sinopse é que no anime rola uma fofoca que existe um site que só abre a meia noite em ponto e fecha logo em seguida. Nesse site você põe o nome da pessoa que você quer matar. Simples, né? Então, a donzela do inferno (Jigoku = Inferno; Shoujo = Donzela) chamada Ai, recebe seu pedido e vai até você, te oferecendo um boneco de palha com uma cordinha vermelha em volta do pescoço. Se você arrancar a cordinha, seu desejo será realizado, porém sua alma cairá no abismo do inferno para sempre e sua pele ficará marcada. Tudo parece muito simples, mas há casos de estupro, homicídio, bullying, enfim. E aí, você faria justiça com as próprias mãos? É mais ou menos isso que o anime põe na mesa, até que ponto os personagens conseguem lidar com a dor e quando não, já sabemos onde vai dar. Porém, não é só isso, uma hora o anime precisa contar a história da Ai, afinal, como ela foi parar nessa daí?

O anime tem 3 temporadas, porém a segunda deixa a desejar. Mas mesmo assim, aconselho a assistirem as três, sendo a primeira a melhor de todas. Ah, e o soundtrack é de uma lindeza estonteante!

Espero que vocês assistam porque são só animes TOPZEIROS! E aguardem a parte 2.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here